O Museu da Música está instalado no antigo Salão Hammermeister que foi construído no início do século XX por imigrantes alemães, unicamente com a função de salão de bailes e está situado em local privilegiado e cercado por paisagens rurais. A técnica construtiva mais marcante do edifício é a de alvenaria autoportante de tijolos aparentes. Tombado pelo patrimônio histórico através do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e pensando na preservação do bem cultural, o imóvel foi adquirido pela Prefeitura Municipal.

O Museu da Música foi inaugurado em 19 de setembro de 2004, tendo como idealizador o Pastor Hans Hermann Ziel, com o apoio da Prefeitura Municipal através da Fundação Cultural. Possui um amplo acervo, com mais de 2000 peças, constituído de instrumentos musicais dos mais variados tipos, épocas e países, tanto originais como réplicas; coleções de gravuras, métodos, partituras, livros, discos e desenhos técnicos. O Museu da Música torna-se especial, pois é o único do Brasil desse porte e com tal acervo musical e também por estar abrigado em um imóvel centenário, também único no Brasil.

Desde sua criação o Museu da Música tem como objetivo preservar o seu patrimônio, com o intuito de mostrar ao público visitante a cultura musical e a história da construção de instrumentos musicais através dos séculos e gerações. Para isso desenvolve diversas ações educativas e espetáculos musicais variados. Dentro dessa perspectiva passa a cumprir com sua missão institucional que pretende desenvolver suas ações de preservação, conservação e comunicação de seu acervo. Também pretende estimular o interesse dos visitantes pela música através da realização de exposições, ações educativas e concertos, além de outros eventos culturais com o objetivo de tornar o Museu da Música um espaço para a educação musical, aprendizagem e cultura.

Todos esses eventos só são possíveis com a construção de parcerias público e privadas com empresas locais. As Redes Estadual, Municipal e Particular de Ensino, Assistência Social, Centros de Atendimento Psicossocial, Associação de Artistas Plásticos e outros também foram importantes parceiros.

 

Eventos

Café Musical

O “Café Musical” é um evento realizado mensalmente no Museu da Música desde 2009 e um dos seus objetivos é proporcionar à comunidade a oportunidade de acesso a eventos culturais de qualidade a custo zero.  O evento tem se mostrado bem sucedido em atrair público de diferentes formações e faixas etárias ao Museu da Música, pois o evento traz diversos estilos musicais agradando aos mais variados tipos de público.

O “Café Musical” inicia-se as 09h:30, quando é servido um delicioso café gratuito. Nossos visitantes veem nesta ocasião uma oportunidade de confraternizar-se, rever os amigos e fazer novas amizades. Em seguida, às 10h:00, tem início apresentação musical com  cerca de 1 (uma) hora de duração. Este evento atrai um público entre 50 e 100 pessoas.

 Concerto Noturno

  O “Concerto Noturno” é um evento com os mesmos objetivos do Café Musical, porém realizado à noite. O evento acontece em três ocasiões durante o ano, às 19h:00, proporcionando assim uma programação prazerosa e cultural para a noite de domingo. Nada como preparar-se para iniciar uma nova semana ouvindo boa música. No Concerto Noturno costuma-se receber em torno de 50 pessoas.

Tarde do Rock

 A Tarde do Rock é um evento anual iniciado em 2011 e tem como objetivo divulgar as bandas de rock da cidade e região, dando oportunidade às bandas para divulgar o seu trabalho. O evento se mostrou bem sucedido em todas as suas edições e atraiu um público que dificilmente visita esses espaços culturais. No dia destinado a Tarde do Rock, passam pelo Museu mais de 100 pessoas.

 Tarde do Blues

Outro evento fixo no calendário do Museu da Música, criado com o objetivo de diversificar as atrações e estilos musicais visando atrair diferentes públicos, é a Tarde do Blues. Nesta ocasião, os músicos Léo Maier e Fernando Santos realizam um descontraído workshop de gaita e guitarra blues. Quem vem ao Museu neste dia tem a oportunidade de aprender sobre o estilo e ainda assistir a jams com músicos convidados pelos ministrantes.

Feira de Vinil

Evento realizado pela primeira vez em 2015 e que atraiu grande público. A Feira de Vinil traz expositores e amantes do disco de vinil para venda e troca de LPs. Nesta ocasião bandas e Djs se apresentam tornando o espaço, tanto interno quanto externo do Museu, descontraído e caloroso aos que visitam a feira que voltará a acontecer de forma anual.

 Noite dos Candelabros

Em comemoração ao aniversário do Museu da Música, anualmente no mês de setembro, acontece a Noite dos Candelabros. Nesta ocasião as luzes são apagadas e realiza-se a apresentação musical à luz de velas remetendo o público à emocionante época renascentista e barroca.

 Oficinas de Férias

 Durante as férias escolares de julho o Museu da Música desenvolve atividades que envolvem diversão, criatividade e educação para atrair adultos e crianças. Cada ano é desenvolvida uma parceria com alguma escola de Timbó ou região e são realizadas ações educativas especiais no espaço do Museu.

Ações Itinerantes – Museu vai à Escola

Com o objetivo de viabilizar a circulação do acervo museológico bem como expandir as ações educativas em espaços extra museu como escolas, são realizadas as ações educativas itinerantes. Estas ações são as mesmas realizadas no ambiente do Museu, lúdicas e pedagógicas abrangendo história, música e patrimônio mas através delas, podemos atingir um público que talvez de outra forma não teria acesso ao que o Museu oferece.

 Exposições de Curta Duração

 Exposições com temas diversificados relacionados à música e suas diversas formas de expressão são realizadas no espaço expositivo do Museu da Música. Muitas vezes são utilizados objetos do acervo do Museu e materiais contextuais visando fornecer sempre novas perspectivas e visões aos nossos visitantes.

As exposições de curta duração permitem ao Museu despertar o interesse de novos públicos levando a um aumento de visitantes. Durante o ano são realizadas, em média, cerca de 4 exposições temporárias. Sendo a realização de tais exposições, um aspecto importante na dinamização do Museu.

 Ações Educativas

As ações educativas e culturais são elementos essenciais no funcionamento do Museu, pois tais ações contribuem para tornar o Museu dinâmico e um espaço para aprendizagem, reflexão e a vivência sociocultural.

Os Museus são espaços de extrema riqueza para a formação educacional, cultural e cidadã, espaços de aprendizagem. O museu pode e deve estar a serviço do trabalho do educador. É um bom instrumento para apoiar pesquisas e referenciar estudos que estão sendo desenvolvidos em sala de aula. Visando interagir com as instituições educacionais bem como explorar seu potencial educativo, o Museu da Música realiza diversas atividades educativas pedagógicas, temáticas e lúdicas que procuram permitir o contato com o mundo da música e dos instrumentos musicais. Estas atividades devem ser previamente agendadas. Estão disponíveis atividades pedagógicas, temáticas e lúdicas que procuram permitir o contato com o mundo da música e dos instrumentos musicais.

 

Outros eventos

 O espaço do Museu também é disponibilizado para a realização de workshops, palestras e pequenos shows musicais além de outros eventos relacionados à música.

 

Espaços do Museu

Laboratório de Conservação

O Museu é responsável pela preservação de suas coleções, pressupondo a guarda, a segurança e a disponibilização para pesquisa e apreciação estética por meio de exposições e em condições adequadas. O Museu da Música conta com uma pequena oficina de conservação. Ali são feitas, desde a higienização até a recuperação dos objetos. Além de pequenas intervenções de restauro, busca-se também interromper processos de deterioração das peças através da conservação preventiva do acervo.

 

Centro de Documentação

O centro de documentação do Museu da Música é responsável por manter atualizadas as informações relativas ao acervo. A documentação é um dos aspectos vitais da gestão dos museus e é destinada ao tratamento da informação em todos os aspectos desde a entrada do objeto no Museu até sua exposição.  No processo da documentação estão envolvidas tarefas destinadas à coleta, armazenamento, organização e recuperação das informações que os objetos podem transmitir. O Centro de Documentação é responsável pela gestão de todo o acervo do Museu da Música e suas implicações. Esta documentação, que no museu da Música envolve, registro no livro de inventário, ficha de identificação e ficha de localização, permitirá a identificação das peças, sua procedência, histórico, seu estado de conservação e sua localização

 Laboratório de Som

O Museu da Música conta com um laboratório de som, no qual os visitantes podem experimentar o som de alguns instrumentos.

 

Visitantes

O Museu da Música recebe, em média, cerca de 300 visitantes por mês, incluindo espontâneos e agendados. Além disso, através das ações itinerantes realizadas em escolas e outros locais, atinge-se um público entre 500 e 1.000 pessoas. Sendo assim, ao todo, o Museu da Música atinge um público de, em média, 4.000 pessoas ao ano.

 

Endereço

R: Edmund Bell, S/N. Rodovia SC 477, km 05
CEP: 89120-000, Timbó –SC.

 Horário de Atendimento

De terça a domingo e feriados das 08h:30 às11h:30 e das 13h:30 às 17h:30.
Visitas monitoradas e ações educativas devem ser agendadas antecipadamente.

Tel.: (47) 3399-0418

E mail: museudamusica@culturatimbo.com.br

Facebook:  https://www.facebook.com/museudamusica.timbo